E-I;C-3;Ato I-f

 

[Ato I-f]

#Holopedia Galáctica Online…Search Engine Ready#

[quadragésimo primeiro dia do reinado da Imperatriz Amidala]

[Axxilla #Planeta mais importante do Setor Gothanian. Abundância de Torres e superestruturas# – Noite]

[Kuari Princess Luxury Spaceliner #Renomado Cruzeiro de Luxo e Cassino; operador pela Galaxy Tours # – Em órbita de Axxilla]

Fazer um cruzeiro numa nave do cacife do Kuari Princess era um sonho de longa data de Lois Feh Zor-L Naberrie #Power Girl; Naboan-Kryptonian; Poderes Super-Humanos na Presença do Sol Amarelo#, e que depois dos acontecimentos das últimas semanas, ela finalmente conseguiu realizar, ainda que o sabor daquele objetivo alcançado tivesse uma pitada amarga.

Faziam pouco mais de duas semanas que a vida dela havia mudado drasticamente, em parte para melhor, em parte para pior. Faziam duas semanas que ela sofreu a transformação mais radical de sua vida, na explosão de um Gerador Tachion #Acelerador de Partículas mais rápidas que a luz; utilizado em experimentos transdimensionais# que a jogou fora do tempo e espaço e a retornou com memórias de uma vida que não era a dela, e com poderes que ela só podia sonhar antes… Ela era Feh Naberrie, mas ela conhecia toda a vida de Kara Zor-L #Terra-2#, a prima do Superman de uma dimensão que existia apenas em lembrança agora. Ela tinha poderes maravilhosos, como apenas uns poucos Kryptonians possuiam, e ela tinha conhecimento de tecnologia e ciência que para ela só existia em ficção. Rapidamente ela colocou para bom uso os poderes que ela adquiriu, assumindo o título de Power Girl, como Kara Zor-L fez também, e com a ausência da Liga em Coruscant, ela se tornou a heroína número 1 de Coruscant.

Mas foi também a duas semanas que ela descobriu a dor e a sensação humilhante de descobrir a traição do homem que ela amava, e descobrir que entre as amantes de seu namorado Ex-Namorado, Feh Zor-L, Ex-Namorado..’ estavam não apenas a odiosa Carol Bin Laden mas também sua amiga Ex-Amiga, Feh Zor-L, Ex-Amiga’ Mestra Tiik. A pior parte de tudo foi o fato de que ele não tentou criar nenhuma história, ou ter a decência de mentir para ela. Ele foi composto, calmo e racional, mesmo quando ela o rebocou a base de socos por duas paredes. Nem mesmo em face da morte certa, ele perdeu a maldita calma dele. A única sombra de culpa que ela pôde ver naqueles olhos fantasmagóricos vieram quando ela, Feh, realizou a futilidade de tentar arrancar uma reação dele com seus punhos.

Ela finalmente decidiu não acabar a relação de vez, em nome de sua privacidade e da estabilidade do governo de sua prima ‘e pelo fato de que você ainda ama aquele bastardo’. Por isso que ela estava naquele cruzeiro de luxo por aqueles quatro dias. Um presente público de um namorado carinhoso, capaz de demonstrações de afeto públicas que estavam por toda a Holonet, e que ela mantinha em nome do bem comum. E por isso ela havia aceito aquela pequena regalia, e ela embarcou no Kuari Princess disposta a aproveitar e relaxar. Ela conseguiu o sossego do anonimato utilizando seu holocloak #Dispositivo Holográfico de Camuflagem# para lhe dar sua aparência antes da transformação. Tudo ia muito bem, até que ela viu a movimentação de seguranças indo na direção das mesas reservadas.

Feh não precisou se aproximar, utilizando seus super-sentidos para ouvir e ver o que estava se passando. Ela ficou surpresa em encontrar um segundo Sith ‘Mas não surpresa em descobrir que ele tinha três amantes com ele… Siths aparentemente desconhecem o significado de monogamia’ e mais ainda de ver com quem ele estava na mesa… ela ouviu Oswald Cobblepot #Penguin; Axxillan; Guerreiro de Elite, Intelecto Nível 10# discutir com o Sith, e viu as armas empunhadas. Foi então que ela decidiu agir… Feh desligou seu holocloak, e imediatamente ouviu as expressões de surpresa e choque a seu redor, ao que os frequentadores reconheceram a super-heroína. Ela caminhou por entre os seguranças, que pateticamente tentaram para-la, sem sucesso, e fez-se notável:

  • A menos que você tenha Zod em pessoa neste bando, O cavalheiro e as damas não vão a lugar nenhum. – Lois Feh Naberrie falou, cruzando os braços com um olhar desafiador.

De imediato uns poucos capangas zelosos viraram suas armas para Feh, que olhou para eles como se perguntando se eles realmente estavam sendo sérios, e sem o menor esforço, ela usou sua visão de calor contra as armas, derretendo meia duzia delas e fazendo os agora temerosos capangas abrirem um círculo ao redor dela.

  • Kara Zor-L… Ultra-Humanite #Origem Desconhecida; Intelecto Nível 10, Super-ciência , Telepatia# falou, com uma certa surpresa… – A que devemos a honra?

  • Na verdade, Gerard– Feh falou, fazendo questão de utilizar o nome verdadeiro do super-vilão – É Feh Zor-L agora.

  • Gerard? Selina Kyle #Catwoman; Axxillan; Super-agilidade e fator de cura; Espiã Legendária# perguntou

  • Gerard Shugel… – Ultra-Humanite falou, olhando intensamente para Feh – O nome com que meus pais me batizaram, e que eu pensei que apenas os mortos conheciam. Obviamente, eu estava errado.

Oswald virou-se para a Naboan e falou:

  • Isso não é assunto seu, Power Girl.Cobblepot falou – Eu sugiro que você fique fora disso.

  • É assunto meu, Penguin, se você tenta abduzir pessoas sob minha proteção. – Feh respondeu. – E como eu falei antes, a menos que você tenha Zod em pessoa em sua folha de pagamento, ninguém vai deixar o cruzeiro contra sua vontade.

O Chefe criminosos olhou irado por um momento para a Heroína, mas então deu o sorriso polido e falou:

  • Eu creio que nós teremos de deixar essa conversa para uma outra ocasião, velho amigo. – Oswald falou, encerrando a transmissão.

Logo os capangas começaram a se retirar, e Feh se virou para Guilherme Exxar’Khun #Darth Revan; Byssian; Mestre Legendário da Força, Guerreiro de Elite# e falou:

  • Eu creio que já basta de jogo por hoje. – A Naboan falou.

Guilherme olhou para a heroína, e de volta para a mesa, e para as três beldades que o acompanhavam, e de volta para a mesa com uma expressão canalha:

  • Bem, bem, bem, meus caros, aparentemente diversão demais também cansa, e eu tenho de ir. – O Sith falou.

  • É uma pena, realmente, Sr. Revan, especialmente considerando os chips que você perdeu na mesa…Jack Napier #Joker; Axxillan; Intelecto Nível 10, Guerreiro Legendário# falou, sarcástico, jogando suas cartas visíveis na mesa, e inclinando-se para recolher seus prêmios – Full House, eu ganho.

Antes que Joker pudesse pegar as cartas, Vandal Savage #Corellian; Força, agilidade e resistência sobrenaturais, Guerreiro Legendário# o parou, mostrando seu Straight Flush:

  • Não hoje, meu caro Jack. – Savage falou, com um sorriso canalha.

Antes que Savage pudesse clamar seu prêmio, Selina parou a mão dele, e com um sorriso sedutor e predatório, ela falou:

  • Melhor sorte da próxima vez, meninos… – A Felina falou, colocando na mesa seu Five Kings.

Ela se inclinou deliciosamente sedutora sobre a mesa para abraçar a pequena montanha de chips, mas antes que ela puxasse de volta para si o prêmio, suas duas mãos entrelaçadas foram seguras por Revan, que aproximou seu rosto do dela, com suas cartas visíveis apenas para Selina. Os olhos negros dela olharam surpresos para o Royal Straight Flush do Sith, ao que ele falou:

  • Você pode ficar com o dinheiro, se me der o que eu quero… – Guilherme falou.

Catwoman olhou para o Sith mal-satisfeita por um momento, mas então levou sua mão até seu decote, retirando de lá um pequeno pendrive e o entregou à Revan. O Sith recostou de volta em sua cadeira, e colocando as cartas viradas de cabeça para baixo, ele falou:

  • Eu passo. – Revan falou.

Ele colocou o pendrive em seu bolso e levandou-se da cadeira:

  • Trés Bien, més ami. – O Sith falou, e pegando o seu copo, que havia sido cuidadosamente cheio pelos servodroids, ele ergueu a taça num brinde – Bon Chance!!

Os membros da mesa, à exceção de Winslow Schott #Toyman; Axxillan; Intelecto Nível 10; Super-ciência# ergueram a taça, e Ultra-Humanite, olhando diretamente para Feh, falou:

  • Nós nos vemos por ai, Feh Zor-L. – Ultra-Humanite falou, com a sombra de uma ameaça no ar.

Feh não respondeu, conduzindo os quatro legionários para longe da mesa Opala.

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em FW 1.0

5 Respostas para “E-I;C-3;Ato I-f

  1. Helena

    "Faziam duas semanas que ela sofreu a transformação mais radical de sua vida, na explosão de um Gerador Tachion #Acelerador de Partículas mais rápidas que a luz; utilizado em experimentos transdimensionais# que a jogou fora do tempo e espaço e a retornou com memórias de uma vida que não era a dela, e com poderes que ela só podia sonhar antes…"- Ohhh, e a gente não "viu" isso?!! :)E a Iperatriz perdeu mais uma guarda costa! Ela vai ter que comprar um doberman um dia desses! 🙂

  2. Guilherme

    Ufa! Vida longa a Poderosa!

  3. Srtª Lois - Feh

    Vinnie não tava brincando quando me falou de Power Girl! ahahahahah! :)E já chegou se achando! encrencando com o pinguim?! Corajosa!!!!

  4. Srtª Lois - Feh

    "e descobrir que entre as amantes de seu namorado \’Ex-Namorado, Feh Zor-L, Ex-Namorado..\’ estavam não apenas a odiosa Carol Bin Laden mas também sua amiga \’Ex-Amiga, Feh Zor-L, Ex-Amiga\’ Mestra Tiik."Adoro essas considerações de Naberrie no meio da narraçao! 😀

  5. Srtª Lois - Feh

    Vinnie, no dia a dia, Power Girl tem identidade secreta como ela usou no cruzeiro ou anda como power girl mesmo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s