E-I;C-2;Ato V-g

 

[Ato V-g]

#Holopedia Galáctica Online…..Data Review Loading… Playback Ready#

[Centro de Detenção 15 #Fechado para Reforma#]

A situação de meia hora antes, onde os Zodians, liderados por Winter Drax-Ul #Zodian; Mestra da Força, Oráculo, Teleporte# e Isaak Fel-Ix #Zodian; Poderes super-humanos criados por gene-engenharia, estrategista legendário# estavam sendo subjugados pela magia de Lex Luthor #Hutt; Mestre da Força, Intelecto Nível 10, Guerreiro Legendário# e Ellen Luthor #Huttesa; Forca-Sensitiva, Assassina#, que tinham os Zodians aos seus pés, havia sido completamente revertida, pela intervenção do Cavaleiro Imperial Vynn Warlock, que no meio da crise, sofreu uma mutação drástica, e agora era Vynn Nuruodo Dox #Darth Warlock; Chiss-Zodian; Mestre da Força, Tenebrosidade, Intelecto Nível 12#, um Lorde Negro da Força e que tinha a mercê de seu lightsaber rubi o Regente Luthor e sua consorte.

  • Lex Luthor não se ajoelha diante de ninguém! – Ellen gritou, num tom quase fanático.

Ela saltou de forma sobre-humana, usando a Força, e girando seu lightwhip, ela atacou o Sith. Warlock se esquivou, saltando de forma acrobática por entre os vãos do chicote de luz da Sacerdotisa, girando no chão em seguida e desligando seu sabre de luz ao mesmo tempo que ele ergueu sua manopla de Cortosis #Metal Raro; Contato com Lâminas de Luz criam curto em Lightsabers#, um engôdo no qual Ellen ingenuamente caiu, ao que ela moveu o chicote de luz contra o Sith. A expressão de surpresa da Sacerdotisa ao ver o seu lightwhip entrar em curto se tornou terror ao que ela viu a mão enluvada do Sith agarrar o cilindro da arma. Ela imediatamente soltou a arma ao que o Sith se levantou. Ele olhou para a ela com uma expressão nada amigável e olhou para a arma em sua mão, esmagando-a como se fosse feita de barro, deixando os restos da arma cair no chão.

Ellen olhou para o aterrorizante par de olhos fantasmagóricos, e engolindo seu nervosismo, ela sacou sua adaga e partiu para cima do seu adversário uma vez mais. A ação dela provou ser fatídica, ao que Darth Warlock esquivou-se dela, agarrando a mão que empunhava a arma de forma brutal e impiedosa, quebrando ossos e fazendo a Sacerdotisa Luthor gritar de dor…

  • AAAAAAAAIIII!!! – Ellen gritou, sentindo os ossos em sua mão serem esmagados.

Sem dar trégua e sem sombra de misericórdia, o Sith girou a mão dela de forma não natural, forçando Ellen a se contorcer, deixando sua guarda completamente aberta para seu inimigo. Os olhos da Huttesa, cobertos de lágrimas, se arregalaram em puro terror ao que ela reconheceu a linguagem corporal do Sith. O gancho veio imediatamente. Ela sentiu dor lacerante e debilitante, ao que ela pôde em horror, sentir perfeitamente ao que sua mandíbula fraturou e se deslocou, e o seu corpo foi lançado pela força do choque para cima e depois para baixo, caindo violentamente, fazendo sua nuca bater contra o piso de pedra…

Warlock olhou, sem aparente emoção, para a Sacerdotisa desacordada. Ele sacou seu lightsaber a tempo de bloquear o ataque as suas costas ao que Lex saltou de forma sobre-humana, com as duas mãos sobre o corpo, com seu sabre em riste. O Regente desceu o sabre com violência, e o seu ataque foi bloqueado pelo Sith que de forma elegante ergueu seu sabre acima do corpo, com a lâmina cruzando a trajetória da lâmina de seu inimigo. De imediato, o Sith girou o corpo, ficando de frente para Luthor, que com a mão livre, tentou uma onda de choque, que foi contra-atacada pelo Chiss, que espelhou o ataque. Num impasse de força física e da Força, O Imortal Regente do Consórcio Luthor e o Lorde Negro da Força Warlock encaram um ao outro:

  • Você cometeu um erro grave, Sith. – Lex bradou, irado – Eu vou exterminar todos os Zodians e transformar Korriban num planeta morto!

  • A única coisa que você vai fazer agora, Luthor, é se ajoelhar perante mim… – Darth Warlock falou, num tom assassino.

Lex Luthor foi surpreendido pela intensidade da Força no seu adversário, ao que o ataque dele se tornou ainda mais violento, com centelhas de energia saindo de sua mão… O Regente Imortal foi jogado violentamente contra uma das colunas, que se quebrou com o impacto. Ele tentou arremessar seu sabre contra o Sith, que agarrou a arma no ar, arremessando-a de volta contra o Imortal, que tentou se esquivar, mas deixou o braço no caminho.

  • AAAAAAAAHHHHHHHHRRRRGGHHHHH!!! – Lex Luthor gritou ao que o seu antebraço foi decepado por sua própria arma.

Abaixando seu sabre, o Lorde Sith ergueu sua mão, e Lex foi erguido do chão, sentindo seu corpo todo ser comprimido no ar…

  • Sinta a dor que você impôs aos Filhos de Zod! – O Sith falou, esmagando Luthor e lançando-o contra o chão, batendo-o contra o piso diversas vezes, como se ele fosse um fantoche.

Luthor olhou, atordoado e ferido gravemente, ao que ele foi puxado pela Força até o chão à frente do Sith, que já não parecia frio, mas sim, furioso, ao que ele gritou:

  • Ajoelhe-se perante Zod! – Warlock gritou.

Em outra parte do campo de batalha, Isaak e o Red Shard havia se livrado rapidamente dos endo-guardas, que não apresentaram nenhum desafio a não ser a questão de quais formas não-naturais o General Zodian iria quebrar e girar os membros dos sues adversários vencidos. Ele logo recebeu a companhia de Winter, que estava com Tessmacher, ferida, acorrentada e sendo arrastada pela Guardiã. Juntos, os Zodians se aproximaram, observando como espectadores ao espetáculo do Lorde Sith, que estava fritando Lex Luthor no chão. Os gritos de agonia do Regente eram seguidos pela demanda do Sith, que continuava a lhe ordenar a mesma coisa…

Demorou quase dois minutos e uma quantidade de eletricidade suficiente para iluminar todo o palácio imperial por uma semana para que Lex Luthor se submetesse… Winter e Isaak assistiram com satisfação ao que o todo poderoso Regente do Consórcio Luthor-Zod prostrou-se, ajoelhado diante de Darth Warlock.

  • Bom… muito bom…. – O Sith falou, satisfeito. – Agora, submeta-se à seu novo mestre.

Lex levantou sua cabeça, com visível esforço, e olhou para seu carrasco, com uma sombra de resistência… O Sith desligou seu sabre, e usando as duas mãos, liberou contra o Regente mais uma tempestade elétrica. Os gritos de Luthor ecoaram pela catedral, e ressoaram nos ouvidos de Ellen… ela estava ferida, com sua mão inutilizada e sua mandíbula deslocada. Ela não era capaz de se levantar, então, ela se arrastou, com a cabeça baixa, na direção de seu Consorte, que estava sendo torturado pelo Lorde Negro da Força. Ela ouviu os gritos de Lex, o brilho súbito dos raios, e o cheiro de queimado…

Warlock sentiu Ellen se arrastando para perto dele, e ele parou por um momento, dando a Lex, que mal-estava consciente, um descanso. O Lorde Sith sorriu de forma sombria, ao sentir as intenções da Sacerdotisa CHLOIS. Ele esperou pacientemente ao que ela o alcançasse, levando uma mão a sua capa, agarrando-a entre seus dedos. Em nenhum momento ela levantou a cabeça… Ela não podia falar, mas ele ouviu o suspiro dela na Força (que ele fez questão de ressoar por toda a catedral, através da Força):

  • Eu meu submeto…. Ellen disse – Eu me submeto em lugar dele.

Ela aguardou, submissa, ao que o Sith fez questão de tomar seu tempo ponderando a oferta… Lex, ferido e atordoado, viu o olhar coberto de lágrimas de sua consorte dirigido a ele, e não teve dúvidas de que ela estava disposta a sacrificar tudo em nome dele… Remorso tomou conta do Regente, uma rara ocorrência, ao que ele viu uma mulher que verdadeiramente lhe deu provas de seu valor…

  • Winter. – A voz grave do Sith soou.

  • Sim, Milorde? – A Guardiã perguntou, respeitosa.

  • Faça minha serva apresentável e prepare-a. – O Sith falou. – General Fel-Ix, entregue o Regente e os outros aos cuidados das forças locais.

  • Com prazer, Lorde Warlock. – Isaak falou.

Winter curvou sua cabeça em reverência, e aproximou-se de Ellen, ao mesmo tempo que os soldados do Red Shard começaram a coletar os soldados vencidos e Isaak levantou Lex, carregado-o como uma saca de mercadorias. A guardiã notou ao que o Sith caminhou na direção da porta, e o ouviu falar, ao mesmo tempo que sentiu a nova presença no lugar. O indivíduo em especial que, para atrai-lo, Warlock teve de ameaçar todo o coração do Consórcio Luthor-Zod, o Oráculo que carregava consigo a chave para verdadeiramente libertar os Zodians. O Imortal que havia lhe privado de uma família, o verdadeiro alvo do Lorde Negro da Força, a próxima vítima de seu poder:

  • Eu estava esperando por você, Patriarca. – O Chiss falou.

Abrindo os portais da catedral, Lionel Luthor #Hutt; Mestre da Força; Guerreiro de Elite, Oráculo# falou:

  • Então sua espera acabou. – Lionel falou, com um olhar impiedoso – E assim como eu me livrei do incômodo que foi sua mãe, eu me livrarei de você.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em FW 1.0

2 Respostas para “E-I;C-2;Ato V-g

  1. Penny

    Wow! Fiquei sem palavras com essa parte!

  2. Helena

    Vynn x Lex – Round 2!!!De tirar o fôlego! Eu cheguei a ter pena de Lex! [mentira!!!!]"Ajoelhe-se perante Zod! – Warlock gritou."- Toma safado! :)Pobre Ellen! :oE pra completar o dia: Lionel Luthor!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s