E-I;C-2;Ato IV-d

 

[Ato IV-d]

[Coruscant – Palácio Imperial – Meia hora depois]

Lois Feh Naberrie estava ferrada. E não, não era por conta dos dois Assassinos invisíveis que mata-la (no caso, a Imperatriz) durante a reunião, e que Green Arrow (Oliver Queen), Allan Al-Lugger, Paulo Jinn e Giotom Windu tentavam neutralizar enquanto ela, Lois Feh, Brianna Whiteridge, e os Comissários Jim Gordon, Jim Harper, Frank Rock e Jack Dolan davam cobertura a Almirante Valéria Pellaeon, General Sam Lane, os representantes Vorzydians e a Imperatriz Helena Amidala . O problema da Naboan não era invisível, muito pelo contrário, era bem visível, alto, de pele negra, cabelos loiro-prata, olhos vermelhos fantasmagóricos, Intelecto super-humano e aparentemente, desejo luxurioso por ela de proporções sobre-humanas…

  • Rápido, por aqui!!! – Gordon gritou, ajudando as guarda-costas à dar cobertura à Imperatriz.

Lois rebateu mais um disparo com seu lightsaber, ao mesmo tempo que Brianna jogou de decoração à esmo contra as paredes, na esperança de acertar um dos assassinos, ao que o que quer que fosse que eles estivessem utilizando para bloquear a Força não permitia a nenhum dos cavaleiros sentir a presença deles. Ela viu Harper, Rock e Dolan com Valéria, Sam e os Vorzydians entrarem em outra sala, ao que ela foi puxada por Gordon para dentro da outra sala, que teve as portas fechadas por Brianna e Helena.

  • Droga, Droga, Droga!!! – Brianna falou, exasperada. – Como é que nós nos deixamos ser pegas de surpresa assim?

  • O que quer que seja que eles estejam usando pra Bloquear a Força não nos deixou pressentir o perigo. – Lois respondeu.

  • Traduzindo, vocês vão ter que contar somente com as habilidades normais de vocês para se manterem viva – Amidala falou com seu blaster na mão. – Então, vocês duas, nada de tentar nada estupido ou perigoso.

  • E nem você, Majestade. – Comissário Gordon falou.

Eles olharam ao redor do salão, enquanto o som de luta continuava do outro lado da porta, e sem pensar duas vezes, Gordon pegou uma das estantes e começou a arrasta-la na direção da porta.

  • Comissário, o que o senhor está fazendo? – Helena perguntou

  • Barricada… – Jim Gordon respondeu, com certo esforço.

A Imperatriz de imediato olhou para Brianna, que correu para ajudar Gordon.

  • Vocês duas, coloquem aquele sofá na frente da outra porta! – Gordon mandou.

Dado o fato que Jim Gordon era um veterano em situações como aquela, nem Helena nem Lois pensaram duas vezes antes de fazerem o que lhes foi dito… Amidala pegou um lado do Sofá, e ao que Lois fez o mesmo, a soberana falou:

  • No Três...- Helena disse – Um… dois…. trêesss!

As duas Naboans levantaram o sofá o suficiente para arrasta-lo até a porta, e assim que assentaram a peça de mobília lá, as duas se sentaram nela…

  • Ufa… – Helena falou – Essa porcaria de sofá é bem mais pesado do que parece…

  • Tadinha… – Lois disse, num tom sarcástico – Deve ter sido toda a energia que você gastou se agarrando com o meu namorado.

Helena Amidala estava ferrada. A Imperatriz secretamente agradeceu que sua prima não tinha o poder de congelar com o olhar, pois caso contrário ela teria virado picolé naquele momento…

  • Ele que me beijou! – Amidala foi rápida em se defender…

  • E você beijou de volta! – Naberrie acusou.

  • Eu estava tentando manter o disfarçe – Amidala deu a desculpa furada que ela havia decidido usar quando o dedo acusatório de sua prima apontasse para ela.

Lois olhou para sua prima, indignada, mas ficou calada, ao que a desculpa colou…A verdade é que Helena estava curiosa. Pouco mais de duas semanas antes, Ela, Helena, havia dado um beijo ardente no então Cavaleiro Zodian, e ainda que ele tenha demorado praticamente uma eternidade para reagir, Amidala pôde concluir que o jovem cavaleiro tinha potencial, e ela disse a Feh que ele havia sido carinhoso, cuidadoso, e não tentou nenhuma gracinha, o que na opinião da Naboan era um ponto positivo importante. Quando sua prima o beijou naquela mesma noite, ela confirmou a conclusão de Helena, e Amidala pôde dizer que ela estava feliz por que sua prima havia achado um jovem educado, atraente e de caráter…

Contudo, depois da drástica transformação pela qual o agora Executor Imperial passou, as notas de sua prima já não batiam com as da Imperatriz. A verdade era que os detalhes que Feh narrou dos encontros dela com o Chiss, e a maneira intensa e intimista com a qual ele agia com ela havia deixado Helena com uma curiosidade quase obsessiva. Ela nunca iria tomar a iniciativa em relação ao Chiss, mas uma vez que ele tomou a iniciativa, a oportunidade apareceu, e ela tinha a desculpa perfeita para evitar ser empalada pelo lightsaber de Feh, ela simplesmente tirou vantagem do momento.

  • Antes que vocês duas começem a puxar o cabelo um da outra, é melhor vocês saberem que o nosso querido Executor sabia exatamente quem você era quando lhe beijou, Helena. – Brianna falou, entregando o padd a ela.

Amidala ligou a tela, e seus olhos se arregalaram ao que ela viu as três mensagens deixadas pelo Sith. Lois se ajoelhou no sofá ao lado de sua prima, e viu o texto no padd.

  • Então, por que diabos meu namorado beijou minha prima sabendo que ela não era eu? – Lois perguntou, confusa, e irritada.

A resposta veio da voz serena de Jim Gordon, que fez as três naboans saltarem de susto ao que ele falou:

  • Dox fez isso para dar o troco em Oliver Queen. – Gordon falou – Afinal de contas, qual é o homem que gosta de ver sua mulher sendo beijada por seu desafeto?

De imediato Helena fez menção de se levantar, pálida, mas antes que ela movesse, Gordon lhe fez um gesto para que ela ficasse sentada e falou:

  • Esse não é o primeiro affair proibido que eu ví, Amidala – Gordon falou – E eu não sou hipócrita como a maioria da sociedade. O fato de eu, Oliver e os outros sermos por algum motivo, imortais aqui e alguns de nós espelharmos o que nossas contrapartes fazem em outras realidades não significa que todos nós perdemos nosso direito de escolha.

  • Infelizmente a maioria não vê as coisas dessa maneira – Brianna falou.

  • Eu sei disso, Whiteridge. – Gordon falou, e virando-se para Amidala ele adicionou – Você não precisa se preocupar comigo, Majestade, eu não sou parte do pelotão de linchamento. Agora, eu lhe aconselho a fazer a paz entre Queen e Dox, ou você vai ter um problema em suas mãos.

Amidala sorriu, agradecida, um segundo antes dela e de Lois serem jogadas para cima de Brianna e Comissário Gordon ao que a porta se arrebentou e o sofá moveu violentamente.

  • Uooooo!! Uff!! – Brianna falou, agarrando Helena e caindo no chão com ela – Milady anda fazendo seus passeios noturnos pela geladeira?

  • Eu perdi três quilos e meio na última semana, para sua informação, Dona Brianna. – Helena respondeu, indignada.

  • O que diabos aconteceu? – Gordon perguntou.

  • Sir Ollie!!! – Lois Naberrie exclamou

De imediato, os outros três viram Green Arrow, caido no chão, do outro lado da sala, inconsciente… De imediato Helena levantou-se, e correu na direção do seu amado arqueiro:

  • OLLIE!! – Helena falou… ela se ajoelhou, o colocando em seu colo, e falou – Ollie, você tá me ouvindo? Ollie?

Naberrie e Whiteridge sacaram de imediato seus sabres, quando viram outra porta se arrebentando. Gordon sacou sua pistola, mas a experiência lhe serviu ao que ele não atirou as cegas. Pela porta arrebentada, Allan, Paulo e Giotom entraram, os três lutando contra dois adversários semi-invisíveis…

  • Não deixem eles desaparecerem de novo!! – Allan gritou.

  • Tem um terceiro assasino!! – Giotom gritou para Brianna e Lois.

Brianna olhou ao redor, pegando um vaso cheio de água e atirando contra uma das paredes… a água bateu contra a parede, por um segundo revelando uma silhueta humanóide. De imediato Helena e Gordon dispararam contra aquela posição. Eles dispararam, no rastro dos objetos que o assassino derrubou, tentando acerta-los… Lois correu pelo outro lado da sala, pegando um outro vaso, e jogando contra a parede. A terra do vaso se espalhou, uma vez mais ajudando a localizar o assassino, e Brianna saltou contra o inimigo, mas o perdeu…

  • Desgraçado!!! – Brianna gritou – Pra cima dele, Lois!!

  • Onde ele está? – Lois perguntou.

Contudo, no momento seguinte, um campo de energia passou rapidamente pela sala, deixando visíveis os três assassinos. Aproveitando a vantagem, Allan empalou um dos assassinos, ao que o outro jogou Paulo contra Giotom, saltando acrobaticamente para se esquivar. O terceiro assassino não teve a mesma sorte, ao que ele usou uma electro-cimitarra para bloquear a lâmina de luz de Naberrie, mas não teve como se esquivar do Golpe de Brianna, que lhe deu um chute nas costas, fazendo-o voar de encontro ao seu companheiro. Os dois assassinos bateram ruidosamente contra a coluna ao que os três cavaleiros e as duas guarda-costas se aproximaram. Os dois olharam para a porta perto deles e correram na direção dela, ao que eles dispararam suas pistolas contra o grupo, forçando os lightsabers a serem usados para bloquear os disparos.

  • Não deixem eles fugirem!!! – Giotom gritou.

  • Mais fácil dizer que fazer! – Paulo respondeu

Helena e Gordon dispararam contra os dois, mas os trajes negros que eles usavam refletiram os feixes. Contudo, a atenção dos dois assassinos estavam virados para a Imperatriz e seu grupo, e eles não perceberam a porta se abrindo as suas costas. Uma lâmina de luz rubra surgiu, cortando o braço que empunhava a arma de um dos assassinos, e num movimento flúido, empalou o segundo assassino pelas costas… Helena, Lois, Brianna, o Comissário e os Cavaleiros viram a figura em mantos e capuz de Darth Warlock (Vynn Nuruodo Dox) na porta.

  • Vynn!!! – Lois falou, mais feliz que nunca em ver seu querido Executor.

O assassino sem braço caiu no chão gritando, enquanto o outro caiu de joelhos, sua boca cheia de sangue ao que ele viu a lâmina de luz deixar seu corpo… Sem piedade ele girou a lâmina, e num movimento seco, decepou a cabeça do assassino… o outro assassino assistiu em horror (e também os presentes) ao que a cabeça de seu companheiro rolou pelo chão, seguido pela queda ruidosa do corpo… O Sith chutou o criminoso no rosto, e desligando o sabre, virou-se para os presentes:

  • Então todos bem? – O Executor perguntou, e olhando diretamente para Naberrie, ele perguntou, num tom mais ameno – Você está bem?

  • Green Arrow está inconsciente. – Amidala falou.

  • E nossa conexão com a Força está sendo bloqueada por alguma coisa que esses assassinos fizeram. – Brianna falou.

O Sith olhou para o Assassino, que estava isemi-consciente, encostado na parede, e sacou de suas costas uma pistola PEM (Projétil Eletromagnético). Antes que alguém pudesse perguntar o que ele estava fazendo com uma arma “antiquada”, Dox a apontou para o criminosos, que teve um breve momento de lucidez, ao que ele olhor aterrorizado para a arma, que disparou naquele momento. Um único disparo, que penetrou o crânio do assassino na testa, espalhando sangue e pedaços do cérebro pela parede…

  • Por que diabos você fez isso?! – Giotom perguntou, ao que o Executor guardou a arma.

A resposta no entanto, veio na forma da Força, ao que os que a podiam usar sentira sua conexão restaurada. Agachando-se ao lado do Herói inconsciente, ele levou sua mão à cabeça de Oliver, e enquanto se concentrava, ele falou:

  • Estes homens foram alterados geneticamente para bloquear a Força. – O Sith falou – Enquanto eles vivessem, o campo anulador deles estaria funcionando.

  • Isso descartaria a sonda mental, mas nós podíamos ainda interroga-los. – Allan falou.

  • Seria inútil. – Dox respondeu – Resistência à drogas é uma prática comum na gene-engenharia.

O Sith tirou a mão da cabeça do Imortal, que começou a recobrar os sentidos… Dox então olhou para a Imperatriz, e falou:

  • Não o deixe se mover. – Ele falou – Ele só recobrou a consciência, mas ele ainda está ferido.

  • Nós temos de chamar os médicos então. – Giotom falou.

  • Sev’Rance já tomou conta disso. – O Executor falou – E Lumiya está no rastro de quem quer que tenha mandado esses criminosos aqui.

Gordon ofereceu sua mão, que Dox aceitou, e o ajudou a se por de pé. O Comissário olhou para o jovem Executor, e falou:

  • Me informe assim que você souber do progresso dela – Jim Gordon falou – e antes que eu me esqueça… usar uma pistola foi um toque de classe.

  • Projéteis podem ser mais lentos e antiquados, mas funcionam do mesmo jeito. – O Executor respondeu.

O Executor e o Comissário compartilharam um aceno, e ele então virou-se para uma certa guarda-costas, falando:

  • Como você está, Feh? – Ele perguntou

  • Eu estou bem… – Ela falou, olhando neutra num segundo, e no segundo, olhando com raiva – Mas é bom que você tenha vindo, por que eu tenho algo pra lhe dar.

Ele não chegou a perguntar o que, quando um tapa seguro lhe acertou o rosto, deixando uma marca, que graças a sua pele negra, não ficou visível:

  • Isso é por beijar minha prima sabendo que era ela – Lois falou, numa voz baixa, mas ferrenha.

O Sith não reagiu, nem tentou se esquivar o bloquear. Ele apenas olhou para a Naboan, e perguntou:

  • Algo mais, Milady? – Dox

  • Sim, tem mais sim. – Naberrie falou.

Allan, Giotom e Paulo viraram o rosto sentindo moralmente o tapa que o Chiss havia levado, e quando eles ouviram Naberrie dizer rque tinha mais, eles fizeram o mesmo por antecipação. Mas em lugar de outra agressão, Lois agarrou Vynn pelo colarinho e o puxou para si, beijando-o de forma intensa. Sem perder um segundo sequer, o Sith a segurou pela cintura e pelas costas, puxando-a contra si ao que ele sentiu a língua dela invadir sua boca.

  • Rapaz…. esse é o tal beija-e-desmaia que as meninas estavam falando lá na academia? – Paulo Jinn perguntou.

  • Costumava ser… agora tá disputando com Windu aqui o Troféu Bruce Wayne de Pegação – Allan respondeu, sarcástico

  • Boa sorte, enquanto ele está aprendendo a rezar, eu já tô ministrando a missa… – Giotom respondeu com escárnio.

Brianna olhou para os três cavaleiros, e balançou a cabeça em negativa:

  • Homens… tsc, tsc, tsc… – A Naboan falou.

Lois terminou o beijo antes que ficasse ainda mais ardente do que já estava, e respirando de forma ofegante, ela sussurou no ouvido do Chiss…

  • Agora que ela ou qualquer outra mulher na galáxia tente lhe levar as nuvens depois disso. – Naberrie provocou.

Ela virou-se, se afastando dele, mas antes que ela o fizesse, ele a puxou, segurando-a pela cintura por trás, colando seu corpo no dela. Ele curvou-se, sussurrando no ouvido dela:

  • Somente minha guarda-costas sexy e estonteante que me faz ir as nuvens e além... – Ele disse, suas mãos estrategicamente segurando-a pelos lados na cintura, dando um beijo ousado e uma leve mordiscada no pescoço da Naboan que quase a fez derreter.

  • Hã… dá pra vocês dois se concentrarem na situação aqui? – Brianna perguntou.

O Sith soltou Naberrie e olhou para Whiteridge, curvando-se e falando:

  • Meu trabalho aqui já se encerrou. Eu vou prosseguir com minha aprendiz e chegar ao fundo dessa história. – Warlock falou, e com breves acenos de cabeça, ele se despediu. Demoiselle, Majestade, Ma Belle Feh….

  • Obrigada, Executor. – Amidala falou.

O Sith apenas de um breve sorriso, e virou na direção da varanda, marchando ao que os médicos e guardas entraram no salão…. Lois Naberrie observou seu namorado levantar vôo, com seu coração ainda palpitante e sua pele arrepiada pelo beijo no seu pescoço, e o mesmo pensamento passava pela cabeça da Naboan:

‘Éeeh, Lois Feh Naberrie, você está ferrada…’

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em FW 1.0

5 Respostas para “E-I;C-2;Ato IV-d

  1. Srtª Lois - Feh

    E as cenas de aventura são de primeira!!Brianna tá muito legal! Fico imaginando a cara dela! :)Os três cavaleiros no final foram ótimos, que canalhas!! :)"Eu estava tentando manter o disfarçe" – Olha pra isso!!! ahahahah!!Adorei a briga na salinha com os assassinos invisíveis!E Comissário Gordon foi ótimo, que ele volte mais vezes! 🙂

  2. Helena

    Gordon pediu para a Imperatriz fazer a paz entre Dox e Ollie?!Ele podia ter pedido uma coisa mais fácil pra ela, tipo negociar com a Coréa do Norte!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Vinnie

    Isso nao eh nada para a Grande Negociadora 🙂

  4. Srtª Lois - Feh

    "\’Éeeh, Lois Feh Naberrie, você está ferrada…\’"Eh, Lois Feh Naberrie, vc está ferrada!Será que a guarda-costas vai ficar dividida, pois essa estória vai render! 😉

  5. Vinnie

    Se Naberrie soubesse o que vem pela frente…..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s