E-I;C-2;Ato II-f

 

[Ato II-f]

[Céus de Coruscant]

Na Náu renegada, Owen Mercer, o imortal conhecido como Boomerang, observou ao que três de suas naves estavam sendo atacadas pelas forças locais. Ele não tinha ilusões de que iria realizar um resgate bem-sucedido de presos. Muito pelo contrário. Ele sabia perfeitamente bem que ele não passava de distração. Ele havia sido pago, muito bem pago para isso. A tripulação não-droid da nave não era composta de membros de seu grupo, salvo por dois deles. As naves havam sido preparadas especialmente para garantir que elas pudessem servir de distração pelos 30 minutos necessários requeridos por seu contratante, e no entanto, não tivessem nada que pudesse ser usado para se rastrear a ele ou ao seu grupo. Contudo, a presença de General Fel-Ix não deixou Mercer muito feliz.:

  • Tá certo que ele queria que o ato foi convincente, mas ele não precisava mandar o seu cão raivoso para cima de mim. – Owen comentou.

  • O Careca não se importa em nos sacrificar para atingir os objetivos dele… – Respondeu Eve Eden, também conhecida como Nightshade.

  • Por isso que eu vim preparado… – Boomerang falou – E os nossos “convidados”?

Nightshade verificou o console, e falou:

  • Eles já limparam metade dos droids… – Ela falou, com um sorriso sinistro – Eles são bons de fato… de deixar Red Rocket e Green Arrow orgulhosos.

  • E o time de infiltração? – Mercer perguntou

  • Extração bem-sucedida. – Eden respondeu – Eles estão fora da zona de combate.

O criminosos loiro aproximou-se de sua bela X.O. e falou:

  • Então, minha cara, eu creio que é hora de nós dar-mos adeus à Coruscant. – Ele falou.

Nightshade acenou com a cabeça em concordância, e inseriu comandos no controle…

  • Trajetória inserida e travada nas três naves. – Ela falou – Nós podemos sair daqui…

Mal ela proferiu estas palavras, um dos cruzadores explodiu, fazendo toda a nave chacoalhar… Eve caiu de sua cadeira e foi segura por Owen. Os dois observaram ao que a nave se partiu ao meio…

  • Luas de Lego… – Ela falou, surpresa.

  • Você está bem? – Ele lhe perguntou.

Ela lhe acenou positivamente, e ele então levantou-se, indo direto ao console:

  • Se eles pensam que vão nos pegar assim, estão muito enganados – Boomerang falou, acionando os sistema de auto-destruição dos cruzadores restantes…

  • Nós temos de sair daqui agora! – Nightshade falou, levantando-se.

Neste momento, a blast door da ponte se abriu, revelando Josefa Tiik e Giotom Windu, e um hal cheio de droids em pedaços….

  • E não esperarem pela gente? – Tiik falou – Que descortesia….

  • Em nome do Império, vocês estão presos! – Windu declarou.

Nightshade deu um sorriso sombrio, e abraçou Boomerang, ao que a escuridão começou a se tornar intensa ao redor dos dois.

  • Eu sinto muito, mas nós vamos ter que recusar seu convite. – Nightshade falou.

  • Gio! – Josefa falou, com urgência na vóz

  • Não precisa falar duas vezes! – Giotom falou, apontando seu arco para os dois

Owen sorriu, e atirou um de seus boomerangs contra a flecha de luz do Arqueiro. O boomerang dissipou a flecha, para surpresa dos dois Cavaleiros…

  • Tenham uma boa aterrisagem, vai ser um estouro...- Boomerang falou, antes de desaparecer por completo nas sombras…

Tiik ainda tentou saltar em pega-los, mas ela atravessou as sombras que se dissiparam rapidamente. Windu correu para os controles, ao mesmo tempo que a Twi’Lek se levantou.

  • Droga! – A Soviete praguejou – Nós perdemos os dois…

  • Nós vamos perder mais que isso se não cairmos fora daqui – O Arqueiro falou – Eles ativaram o sistema de auto-destruição.

  • Ah, que maravilha… – Tiik falou, se aproximando de seu amante – Quanto tempo nós temos?

  • Dois minutos. – Giotom falou, virando-se e puxando a Cavaleira pelo braço – Vamos logo.

Josefa viu que Giotom não a estava puxando na direção do Hall por onde eles vieram, e ainda que ela não resistisse, ela perguntou:

  • Para onde você está nos levando? – Ela perguntou.

  • Eles se teleportaram, não deve ter sido para perto – Ele explicou – Então, os escapepods devem estar ainda lá.

O Coruscanti e a Twi’Lek correram pelo corredor, se aproximando dos dormitórios… Windu procurou pelas placas quen indicavam os pods, mas achou algo melhor….

  • Rápido, por aqui. – Giotom falou….

Os dois correram, passando pelas portas duplas que se abriram com sua aproximação, e viram não um escapepod regular, mas sim, a Shuttle do Capitão, uma nave diminuta de capacidade orbital… De imediato Josefa entrou, sentando na cadeira do piloto, ao que Giotom desativou as travas da comporta. Os dois sentiram as primeiras epxlosões do sistema de destruição, e Josefa falou:

  • Segure-se!! – Ela disse, acionando os motores da shuttle.

Giotom fez como lhe foi dito, sentando na cadeira e colocando seu cinto meio segundo antes da shuttle ser catapultada para fora do cruzador, alguns segundos antes das chamas da explosão da ponte atingir o corredor….

[Minutos antes, no terceiro Cruzador]

Carol Isaard conseguiu com sucesso fazer seu caminho de onde ela e Vynn Warlock haviam se separado até as proximidades do Node de distribuição de força da nave, utilizando os túneis de serviço… Ela deixou os túneis num dos corredores, A Força lhe alertou que alguém se aproximava, e sem pensar duas vezes, ela rolou, escondendo-se atrás de um painel. O senso de urgência lhe tomou ao que ela viu a grade do túnel aberta, e com um gesto de mão, usou a Força para fechar a grade.

Ela se encolheu, encostando-se na parede, em silêncio, ao que dois droids passaram por ela, com rifles na mão… Ela esperou que os dois estivessem de costas para ela, e sem misericórdia, sacou seu sabre. O som da lâmina se formando fez os dois se virarem, mas antes que eles pudessem computar o perigo, ela decepou a cabeça dos dois robôs… rapidamente, ela procurou neles granadas termais, e achando algumas, ela as guardou. Experiente, a Tatooinean abriu a grade uma vez mais, e jogou as duas carcaças inertes lá, ocultando seu feito, antes de prosseguir pelo corredor…

Numa curva que ela fez, ela rapidamente se ocultou de volta, ao ver meio pelotão de droids na frente do Node… Ela contudo nào teve como ficar oculta, ao que o som de uma grande explosão foi ouvido e toda a nave chacoalhou… Isaard tentou se segurar, mais foi jogada contra a parede oposta, onde ela bateu ruidosamente… A Sacerdotisa praguejou, e notou os droids no chão, mas ativos. Ela praguejou novamente, e buscou o dispositivo de Cloak, mas não o achou, nem a seu sabre de luz…

  • Droga, droga, droga!! – Isaard falou… Sem pensar duas vezes, ela usou a Força para pegar um dos rifles que os droids haviam deixado cair.

  • Mão ao Alto – A voz metálica do droid falou, ao que ela abriu fogo.

Isaard saltou atrás de um painel, acertando dois droids no caminho, se abrigando dos disparos….

  • Pega feito um pato! – ela se reprendeu.

Pegando a granada, ela arremessou para o alto, e pulando de um painel para o outro, ela disparou contra o explosivo, detonando-a no ar. A proximidade do teto fez com que placas caissem sobre alguns dos Droids, ao que ela se agaixou atrás de outro painel. Ela notou ao que uma blast door se abriu, e por ela sairam mais droids, e disparou contra os controles, fazendo a comporta se fechar, destruindo alguns droids, mas deixando mais uma duzia de robôs dentro do deck…

  • Praga de Hutt! – Ela praguejou, correndo para o outro lado do deck, ao que ela viu que alguns deles estavam carregando disruptores…

De forma sobre-humana, Isaard correu, saltando e se esquivando de disparos… Ela parou por um segundo atrás de uma coluna, mas saltou no segundo seguinte, ao que os disruptores abriram um rombo na coluna… Carol disparou contra os droids, conseguindo atingir dois dos que carregavam as armas tão temidas, e escondeu-se atrás de um container…

  • Pra que eu fui sair da cama? – Ela se perguntou, retoricamente, obviamente.

A Sacerdotisa disparou às cegas, colocando só a mão e o rifle para fora de sua cobertura. Quando ela outra blast door explodir, e Vynn Warlock passar por elas voando… Ela aproveitou a distração e saiu detrás do container, disparando contra os droids… O Zodian girou no ar, aterrissando com o sabre na mão, cortando os droids ao meio. Ela correu na direção dele, e vendo finalmente seu sabre e o Cloak no chão, ela puxou os dois para sí com a Força, acionando sua arma em tempo de rebater os disparos de um dos droids, ao mesmo tempo que ela girou, ajoelhando-se no chão, escorregando pelo piso liso, cortando ao meio o droid, e empalando outro droid por trás, ao que ela parou de costas para o Cavaleiro, que cortou os braços de dois droids e usou a Força para joga-los longe…

Warlock desligou seu sabre e virou-se, extendendo sua mão para Isaard, que desligou eu sabre e aceitou o gesto. Ele a puxou, levantando-a, e falou:

  • Nós temos de sair daqui agora. – O Zodian falou, sério.

  • Mas e o plano? – Ela perguntou, confusa.

  • Irrelevante. A nave vai se auto-destruir em 30 segundos. – Ele falou.

A Sacerdotisa olhou surpresa para o Cavaleiro, que apontou sua mão para o alto, gerando uma esfera de energia, e liberando-a contra a fuselagem, que explodiu. O Zodian instintivamente usou sua capa para cobrir a Tatooinean, que se aproximou dele, cobrindo o rosto e colocando as mãos na placa peitoral do Cavaleiro. Ela olhou para cima, vendo o céu aberto do outro lado, e ficou na ponta dos pés, entrelaçando seus braços no pescoço do Imperial, que a segurou pela cintura, e rapidamente levantou vôo…

Do alto, Isaak Fel-Ix notou ao que uma diminuta shuttle saiu de um dos cruzadores, e não mais que um segundo depois, o Desgarrado saiu voando com uma das companheiras da Fedelha Luthor nos braços… Ele ergueu uma sobrancelha em surpresa, e moveu para intercepta-los, encontrando no caminho Diana Troy. A Princesa Amazona foi surpreendia pelo General, que a segurou pelo braço e a puxou.

  • O que em nome de Hera você está fazendo? – Diana perguntou.

  • Os guardas podem cuidar desses droids – Isaak falou – Nós temos uma shuttle e meu irmão em Zod para encontrar….

Diana soltou sua mão, e notando a quem ele se referia, ela não protestou…. Ela sentiu na Força que era Tiik e Windu na shuttle, e considerando que a ameaça das naves tinham sido eliminadas, ela se nivelou à Fel-Ix, acelerando, mas não sem porém, virar-se de relance para o Guerreiro de Zod, e o advertir:

  • Se eu captar um pensamento sujo sobre mim na sua mente eu faço valer minha promessa de antes. – Ela advertiu.

  • Se você não quer que ninguém veja, use um hábito – Isaak falou, propositalmente tendo pensamentos que eram no mínimo, perniciosos – além do que, a mente é minha.

  • Depravado. – Troy falou, com raiva por que ele tinha razão em seu raciocínio.

  • Sabe, eu não quero saber se você é gostosa de trazer lágrimas de alegria nos olhos – Isaak falou passando por ela com um sorriso canalha – Com esse gêniozinho ruim seu, eu passo. Katarn e a paciência Jedi dele que lidem com você, moça.

A Amazona bufou de raiva, enquanto o Zodian prosseguiu acelerando para seu alvo…

Anúncios

1 comentário

Arquivado em FW 1.0

Uma resposta para “E-I;C-2;Ato II-f

  1. Srtª Lois - Feh

    Quanta ação nos cruzadores!Lex Luthor não tem jeito! Mas o que será que ele estava armando?!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s